Blog

A importância da inteligência emocional no trabalho

inteligência emocional

Cada vez mais divulgada, a Inteligência emocional (IE) é um conjunto de habilidades que te permitem entender, reconhecer e administrar as emoções que surgem durante a rotina de trabalho e no convívio com outras pessoas. Com pontos que podem ser aperfeiçoados através de prática, a IE permite que o profissional não seja tão afetado pelo estresse corporativo.

Especialmente em rotinas de trabalho com mudanças constantes e grandes exigências, desenvolver a Inteligência Emocional (IE) pode ser um grande diferencial para os colaboradores conseguirem passar por situações de crise sem perderem o entusiasmo. Não por acaso, o Fórum Econômico Mundial indicou a IE como uma das competências necessárias para os profissionais até 2020.

Daniel Goleman, psicólogo de renome internacional, juntamente com Richard Boyatzis, professor de negócios na Universidade Case Western Reserve, desenvolveram um modelo em quatro domínios, com competências que contribuem para o desempenho efetivo no trabalho, com habilidades que podem ser treinadas e melhoradas:

1 Autoconsciência: é o mais forte indicador de sucesso individual. É reconhecer o que estamos sentindo e o motivo de estarmos sentindo cada emoção.

2 Consciência Social: reconhecer e ter empatia com a situação das outras pessoas, se relacionar bem com os colegas de trabalho e se preocupar com o bem-estar deles.

3 Autogestão: lidar com emoções angustiantes e ordenar emoções positivas. Pessoas que gerenciam as emoções se recuperam mais rapidamente do estresse do trabalho.

4 Gestão de relacionamento: trabalhar efetivamente com os outros, desde resolver conflitos até inspirar e motivar. 46% dos profissionais acreditam que os colegas de trabalho são importantes para a felicidade em geral, de acordo com pesquisa do Linkedin.

Dessa maneira, de acordo com Daniel Goleman, a grande maioria dos bons profissionais possuem Inteligência Emocional, conseguindo inspirar e ajudar os demais colegas. “Os melhores líderes e membros de equipe são ricos em habilidades de inteligência emocional e social, incluindo autodomínio, resiliência sob estresse, empatia, influência e trabalho em equipe eficaz. Essas são as competências que distinguem os profissionais de destaque no século 21”, indica Goleman, nas obras “Inteligência Emocional” e Altered Traits: Science Reveals How Meditation Changes Your Mind, Brain, and Body.

A boa notícia é que, mesmo para quem está com dificuldades atualmente em lidar com emoções, a Inteligência Emocional pode ser aperfeiçoada e praticada. O primeiro passo é fazer uma avaliação dos seus pontos fortes e fracos e treiná-los através de cursos, exercícios, interagir com colegas de trabalho, buscar referências de profissionais que te motivem e levar esse debate também para os profissionais de RH da sua empresa.

Sodexo: provendo ambientes de trabalho ainda melhores!

Ambientes de trabalho confortáveis e acolhedores motivam ainda mais os colaboradores a expressarem e lidarem com suas emoções no dia a dia.

Com ferramentas patenteadas como o PersonixT, a Sodexo consegue desenvolver soluções integradas, com ambientes ainda mais confortáveis, que estimulam a troca de informações, integração social e momentos de descanso entre as atividades de trabalho, proporcionando bem-estar emocional, elementos indispensáveis para proporcionar uma melhor Inteligência Emocional no ambiente de trabalho.

Leia mais

Todos os direitos reservados Webcompany